Estudar para o Enem e para os vestibulares se torna prioridade conforme o aluno se aproxima do fim do Ensino Médio. Um dos papéis da escola é oferecer uma preparação de qualidade para esse momento tão decisivo.

Ter alunos com boas colocações em provas importantes é algo que faz muito bem para a escola. Além de servir como comprovação de um ensino de excelência, também pode ampliar consideravelmente a exposição da marca.

O currículo escolar deve prever uma etapa de preparação para os vestibulares que se dedique a entender as dificuldades dos alunos e a possibilitar um desempenho de qualidade.

Confira a seguir algumas iniciativas que podem ser implementadas em sua escola para ajudar os alunos a estudarem para o Enem e para os vestibulares:

Prepare para as características da prova

Estudar para o vestibular não é apenas uma questão de acumular o conhecimento teórico necessário. Também envolve se preparar para as particularidades de cada prova.

Determinados vestibulares têm estilos de pergunta específicos, além de determinadas demandas que exigem treino. Um dos papéis da escola é abordar esses aspectos como parte da preparação.

Aplique simulados

Uma ótima forma de preparar os alunos para o vestibular é criar o hábito de aplicar simulados das principais provas, preferencialmente trabalhando com edições anteriores delas.

O desempenho obtido nesses simulados pode guiar os estudos do aluno, ajudando-o a corrigir seus erros e se concentrar em áreas em que teve mais problemas.

Monitore a performance dos alunos

Os resultados dos seus esforços de preparar os alunos para o Enem e o vestibular precisam ser devidamente monitorados.

Tendo o desempenho geral dos estudantes nos simulados como base, é possível aprimorar o seu planejamento pedagógico. Por exemplo, se boa parte dos alunos não foi bem em Física Mecânica, isso pode indicar que o assunto não tenha sido bem abordado na escola. Nesse caso, pensar em novas estratégias para reforçar esse tema em sala de aula pode ajudar os alunos a terem um desempenho melhor nas provas.

Não se esqueça da redação

A redação é responsável por uma parte substancial da nota final do Enem e de muitos vestibulares. Por isso, sua escola deve dar a devida importância a ela durante a fase final do Ensino Médio.

O trabalho deve envolver não só o aprimoramento da escrita e do poder argumentativo, como também deve ajudar os alunos na interpretação das propostas. Esse exercício pode ser realizado em paralelo à aplicação de simulados.

Ajudar os alunos a se prepararem para o Enem e para os vestibulares é um dos papéis da escola. Seguindo as dicas acima, você conseguirá elaborar um plano de ação focado nesse objetivo e, assim, melhorar o desempenho deles nas principais provas do País. De quebra, você ainda poderá aproveitar os benefícios dos bons resultados para a sua instituição de ensino.

Quer ir além e implementar um plano robusto com esse foco? Então baixe o nosso e-book sobre como garantir melhores notas para os seus alunos nos vestibulares.